Férias 2010 – Hospedagem

Eu sou a malucona do planejamento de viagem. AMO. Geralmente eu coto a passagem com minha agente, porque acho que ela consegue umas tarifas que eu não consigo, mas a hospedagem fica por minha conta.

Dessa vez, imagina, são cinco ou seis cidades (Amsterdam não conta porque vou ficar na casa da minha amiga, né?). E com particularidades em cada lugar. Na Itália vou viajar com a minha mãe, então melhor evitar andares altos sem elevador, e o banheiro é melhor que seja privativo, etc e tal. Em Barcelona vou estar com mais 4 pessoas, então precisávamos de um apartamento espaçoso. Em Paris e na Bélgica, vou estar com um amigo, num esquema qualquer coisa tá bom e tal.

O primeiro lugar que procurei foi Barcelona – até porque o planejamento da viagem começou por lá. Eu queria algo que fosse indiscutivelmente vantajoso pra todo mundo – pra ninguém querer desistir e ir para um albergue. Era legal que o apê fosse perto de onde vai rolar o Primavera Sound, e perto de estações de metro. E perto também das grandes atrações da cidade, já que de todo mundo que vai ficar nesse apê, eu sou a única que tá indo pra Barcelona pela segunda vez.

Depois de olhar uns 3 apartamentos, achei um que parecia muito bom, entre o Parc de la Ciutadella e a Sagrada Familia, a poucos quarteirões do Barri Gotic, e a poucos quarteirões da praia. E a uns 4 km do lugar do show – com ânimo dá até pra ir à pé, vai. Mas sem ânimo, tem metrô pertinho. O apê tem 3 quartos e lugar para 6 pessoas. E vai custar 20 euros por pessoa por dia. :D

Barcelona resolvido, fui pesquisar Roma. Deu trabalho, mas achamos um apartamentinho térreo muito bem recomendado no Trastevere, que segundo eu pesquisei, é um bairro movimentado a noite, com vários restaurantes e bares e gente na rua. Curti. Nossa outra opção era ficar na região do Termini, mas as descrições da região nos desanimaram. O apartamentinho não tem nada de mais, nem TV, só um canto pra gente dormir, uma cozinha pequenininha e um banheiro. Tá ótimo. Vamos pagar 37 euros por dia, cada uma.

Em Florença resolvemos ficar no mesmo lugar que meu irmão ficou ano passado, e que ele recomendou fortemente. Vamos ver se o gosto dele bate com o nosso. É um albergue bem no meio de Florença, parece bem arrumadinho, o dono foi muito atencioso. Cada noite custa 28 euros por pessoa. Mas esse aqui não tem banheiro privativo, ai ai ai…

Em Veneza, quem deu a dica foi o Mac. Um Bed and Breakfast em San Stae, onde ele ficou ano passado com a Lili e amou. Aliás, vejam as fotos de Veneza do Mac e da Lili. Me dá arrepios de ansiedade toda vez que eu vejo. Nesse aí a gente vai pagar 42,5 euros por dia, por pessoa. Salgadinho, mas vai valer a pena.

Em Paris, eu bem tentei fugir do Marais, mas uma força estranha me arrasta pra lá. Hah. Encontrei um apê que me ganhou pela vista. É só olhar pela janela e você dá de cara com os canos coloridos do Beaubourg. É só descer pro térreo (de elevador, olha que milagre!) e você está na escadaria do metrô Rambuteau. Alguns poucos quarteirões e você está na Île de la Cité. Será que eu consegui um apê ainda melhor do que o do ano passado?! O preço é amigo, 33 euros por noite, por pessoa. Aiaiai.

Os apartamentos todos eu achei no Homelidays, como fiz no ano passado. Tomara que seja uma experiência boa, como tem sido desde que entrei nessa de alugar apartamento. Sou super defensora desse estilo de hospedagem, acho infinitamente melhor que hotel, e na maior parte das vezes sai mais barato que albergue (sem contar o conforto…).

Pra alugar apartamento você pode procurar por uma agência, ou negociar diretamente com o proprietário – o que sai mais barato. No Homelidays negocia-se direto com o proprietário. Como não há garantias, o negócio é feito meio na confiança, eu aconselho sempre ficar de olho nas avaliações que cada apartamento/proprietário recebeu (lá no pé da página de cada anuncio), e prestar muita atenção na descrição do apartamento, o que tem e o que não tem. Escolha bem e as chances de dar errado são muito pequenas.

Eu só não procurei apartamento em Florença e Veneza porque só vamos ficar 3 noites em cada lugar, e daí não é tão vantajoso alugar apê. Mas se alguém tiver alguma recomendação, pode deixar aí nos comentários!

Ah! Veja aqui onde eu fiquei, ano passado, em Lisboa, Madrid, Barcelona e Paris. Com vídeos!

Anúncios

Uma resposta to “Férias 2010 – Hospedagem”

  1. Danilo T Lombardi Says:

    Oiiii,
    Será que vc poderia me passar o contato do ap em trastevere? Estou procurando loucamente e Nao acho nada!Vc tem fotos?
    Obrigada.bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: