Parque das Nações (ou Expo 98)

Opa, tou bêbada e a foto saiu torta. Ponte e Torre Vasco da Gama ali, tá vendo?

Opa, tou bêbada e a foto saiu torta. Ponte e Torre Vasco da Gama ali, tá vendo?

Em 1998 Lisboa foi sede da Exposição Mundial, uma coisa que eu nunca entendi muito bem o que é e pra que serve (se alguém souber, explica nos comentários, sim?), mas que me parece uma grande festa das nações. Essas “Expos” acontecem desde o século 19 – inclusive a Torre Eiffel foi construida para a Expo 1889.

Pois bem, Lisboa foi sede dessa parada aí, que parece que foi um grande sucesso de público. Para receber a Expo os portugueses construiram um complexo imenso na zona leste da cidade, às margens do Tejo. É uma região que contrasta muito com o resto da cidade, porque é toda moderna, com prédios a la Dubai.

Eu acabei indo ao Parque das Nações duas vezes. Uma à noite, para a festa do Couchsurfing, e outra de dia, para conhecer o Parque mesmo. Agora… vale a pena ir aoParque das Nações? Vejamos.

Essa é a entrada do shopping. Muderno, hum?

Essa é a entrada da estação do Metro. Muderna, hum?

O que há de interessante lá? Muito, muito espaço para andar de bicicleta, ou de patins, ou patinete, ou correr, etc etc etc.  Um museu chamado “Ciência Viva”, voltado para crianças, que dizem que é bem legal mas como eu não tinha nenhuma criança para levar, não fui. Um shopping grandão que pode ser uma boa se você quiser fazer compras, porque tem de tudo lá dentro. A Torre Vasco da Gama e o bondinho, que só são legais se você tiver tara por altura – eu até tenho, mas acabei não indo em nenhum dos dois porque tinha ido na tal festa do 26o. andar uns dias antes. E tem o mais legal, que é o Oceanário.

Dá pra passar horas olhando os peixinhos. Sério!

Dá pra passar horas olhando os peixinhos. Sério!

Assim, né? O mais legal de tudo se você é fascinado pelo fundo do mar. Eu sou. Daí adorei muito o aquarião central, gigantesco e cheio de peixes e arraias e bichos esquisitos. A reprodução de vários habitats dos bichos também é legal demais, você vê pinguins (owwwwwwnnnnn) e peixes que brilham no escuro, e corais, e algas, e caranguejos e anêmonas, etc etc etc.

Nhoim!

Nhoim!

É um barato ver as crianças boquiabertas e querendo ver o Nemo e a Dori (aliás, deviam colocar mais Nemos lá, são pouquinhos. Em compensação tem várias Doris). Não vou mentir, é um programa um pouco infantil também. Mas se você curte o mar, vale a pena sim.

Enfim. No geral, se você não for para o Parque das Nações não vai perder muita coisa. Eu moro em São Paulo, prédios imensos com fachadas de vidro eu vejo aqui. Preferia ver mais ruinas e castelos e muralhas, mas o passeio valeu sim pelo Oceanário. Daí a escolha é sua :)

Anúncios

Tags: , , , , ,

4 Respostas to “Parque das Nações (ou Expo 98)”

  1. Gilberto Abreu Says:

    Ligelena, a EXPO’98 serviu para transformar um antigo subúrbio industrial de Lisboa no espaço agradável que você conheceu e dotou a cidade de infra-estruturas muito necessárias: a nova ponte Vasco da Gama, a estação do oriente, o pavilhão multiusos, etc… O lugar era ocupado anteriormente por uma refinaria (os solos estavam contaminados) por um aterro sanitário (que foi selado e hoje serve para produzir energia) e pelo depósito de material de guerra do exército (como não temos tido guerras, o que lá estava era sucata). Assim, as expos servem para dinamizar grandes projetos urbanísticos e no caso de Lisboa, isso foi plenamente conseguido.

  2. betania Says:

    Tem fotos muito boas! Posso utilizar a da entrada do metro? Obrigada

  3. Ligelena responde « Viagens de Ligelena Says:

    […] mais mainstream do que alternativos, e me parecem que não exatamente baratos. Dá pra chegar no Parque das Nações de metrô (estação Oriente) e é tranquilo e seguro andar por lá a noite (eu achei, pelo […]

  4. Robson Says:

    E eu achei que a estação Alto do Ipiranga era bonita. Dio santo, que entrada de metrô é essa? Maravilhosa!!!

    Um frequentador assíduo dessas expos era D. Pedro II. Ele era prafrentex total. Onde tinha novidade tecnológica, lá estava ele.

    :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: