A mala

Terror dos terrores! O tanto que eu gosto de planejar uma viagem é inversamente proporcional ao tanto que eu gosto de fazer mala. Eu AMO planejar. Eu ODEIO fazer mala. Mas faz parte, então vamos lá.

Durante a viagem eu invejei muito quem viaja de mochila nas costas. É bem mais fácil quando você precisa subir e descer escadarias eternas no metrô. Rodinhas não adiantam NADA nestas horas. Então se você é jovem e cheio de vida, não hesite em fazer uma mochilona em vez de uma malinha de rodinha. Você vai me agradecer quando estiver na quarta baldeação no metrô. 

Uma dica básica, mas que deve ser levada à sério: nunca vá com a mala cheia. Você VAI comprar coisas na sua viagem e não vai querer ter de optar entre trazer suas compras ou suas roupas (eu optei por deixar uma calça jeans em Paris, mas principalmente porque ela foi tão usada que acabou rasgando no meio das pernas.

Mesmo se você for fazer uma viagem meio longa, seja esperto e faça uma mala leve e pequena. Você sempre vai poder lavar suas roupas no apartamento que você espertamente alugou ou em uma lavanderia automática.  Se você é mulher e tem calafrios só de pensar em aparecer em todas as fotos usando as mesmas roupas, seja sagaz e invista em lenços, brincos, chapéus, tiaras, cintos e coisas leves e pequenas que, usando bem, mudam seu visual.

Daí uma coisa muito importante. Consulte a previsão do tempo para fazer sua mala. Não adianta se você for fazer uma viagem longa, mas pelo menos você saberá o que te espera no primeiro destino. Eu recomendo o Weather Channel pra isso. Se você for neurotiquinho como eu, procure as médias historicas para a época em que você estará nas cidades. Dá pra ter uma boa noção.

De qualquer forma, não pire e leve a casa nas costas. Você sempre pode comprar o que precisar onde estiver. E meias, calcinhas, cuecas, toalhas, camisetas básicas e afins são bem baratinhas, caso você precise comprar. Por onde você for vai encontrar C&As, Zaras, H&Ms, Top Shops e similares. NÃO TEMA.

Leve seu tênis mais confortável.
Leve uma canga ou um panão pra você poder deitar na grama sem sujar sua tão preciosa roupinha.
Leve chinelos, sempre.
Leve os remédios que você está habituado a tomar nas emergências (dor de barriga, febre, gripe, dor de cabeça, dor muscular)
Se você for menina, leve um alicate de cutícula – foi o que mais me fez falta.

Anúncios

Tags:

4 Respostas to “A mala”

  1. jamile Says:

    Boas dicas, estavamos precisando, pois iremos em abril de cruzeiros rumo a Barcelona. O que fazer? O que iremos levar? Para a onde e que seja mais perto para conhecer, para aproveitarmos a viagem!!!!!

  2. Madrid – pra começar « Viagens de Ligelena Says:

    […] parte das estações tem elevador ou escada rolante, mas algumas não tem, então lembre-se das dicas sobre malas.  Para sair do aeroporto (ou para chegar nele) de metro você vai gastar 2 euros, se não me […]

  3. Rodney Says:

    Fiquei feliz em saber que não apenas as minhas calças que rasgam no meio das pernas ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: